O único tremor de superfície que quero tocar

É o subir e descer do peito produzidos pelo seu ofegar.

 

O único cheiro que quero incessantemente sentir

É aquele que produz quando fica muito perto de mim.

 

O único gosto que nunca vou esquecer

O seu gosto com um gosto que me faz querer viver.

 

A única coisa que eu quero olhar

São seus olhos os meus todos os dias despertar.

 

A única coisa que eu quero ouvir

Os sussurros que ninguém mais além de nós poderá discernir.

 

E a única coisa que só eu sei e posso usar

É meu sétimo sentido que me compele a te amar

Com meu tato

Meu olfato

Minha audição

Minha visão

Meu equilíbrio

E meu paladar.

Anúncios